sábado, 7 de fevereiro de 2009

Inocência...


Uma arte que tenta retratar uma parte do poema de Francisco Joaquin Bingre "A inocência".

"Como não obra mal, nem mal procura
Para os seus semelhantes, corre o espaço
Sem lança, sem arnês, sem peito de aço,
Armada só de consciência pura" 
Contei com alguns desenhos, ursos e mãos de minha irmã mais nova Andressa! Que ela também tenha os créditos da arte! HEHEHE

Nenhum comentário: